O trabalho de leitura na sala de aula. Foco na: leitura socializada

Fui convidada para escrever algumas palavras sobre aquele que parece ser um dos momentos mais esperados pelas crianças na minha aula: a leitura socializada.

Existem diferentes modalidades de leitura: a leitura socializada, a individualizada e a compartilhada ou mediada, como também podemos chamá-la. Tais modalidades acontecem simultaneamente, de modo que os alunos sempre estão envolvidos, diariamente, com variadas leituras.

A leitura socializada acontece diariamente, é um direito garantido! Os estudantes envolvem-se muito com a história. O que pretendemos ao usar essa modalidade, é que o prazer por ouvir histórias aconteça (ler por fruição) e que a partir daí um desejo em ler outras obras, de maneira autônoma, aconteça. E de fato acontece.

Como diz Beth Baldi, ter essa prática é garantir um momento diário na rotina escolar de “viagem ao mundo da ficção”, criando um outro universo com o qual e no qual o grupo (alunos e professor (a), juntos) estará interagindo por um determinado tempo, espaço de cumplicidade e imaginação, é o que propõe essa modalidade de leitura, em que a professora lê aos alunos determinada obra, em capítulos diários.

Cabe destacar que o vínculo da professora com o texto é determinante: temos que gostar do que vamos ler. Assim, podemos envolver as crianças com o nosso encantamento, além da possibilidade de realizarmos uma leitura mais fluente e expressiva. Além disso, deve acontecer um planejamento adequado da leitura, organizando a divisão do texto nas partes que de fato serão lidas em cada dia para garantir a manutenção da curiosidade, a motivação e o envolvimento com a leitura.

A escolha da obra que será lida deve ser bem criteriosa, seja por parte da equipe, como por parte da professora. Além da qualidade do texto e do vínculo de quem vai ler com o texto, a obra deve ser desafiante para os alunos. O texto escolhido deve ser aquele que, normalmente, eles não realizariam na modalidade individualizada, pelo menos, naquele momento.

Sou apaixonada por esse momento. Me arrepio, me emociono junto com as crianças. É como se todos estivéssemos, por alguns bons minutos, longe das quatro paredes da sala de aula, dividindo alegrias, tristezas, raivas, dúvidas… EMOÇÕES!

E o mais especial é ouvir: “A professora sempre para na melhor parte!”, “Eu sou MALALO.”

Depoimento da Professora Melissa Klein, 4º ano H

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: